Carregando...
Sem categoria

Autoridades egípcias estão furiosas com o vídeo de um casal fazendo sexo no topo da Pirâmide de Gizé

A sociedade egípcia entrou em parafuso com a divulgação do vídeo de um casal mantendo relações sexuais no topo de uma das Pirâmides de Gizé. O registro foi realizado pelo fotógrafo dinamarquês Andreas Hvid, que divulgou o conteúdo nas redes sociais.

As imagens correram o mundo rapidamente, provocando a emissão de uma nota do Ministério de Antiguidades. Segundo o órgão, o casal transando na cobertura da pirâmide“viola a moralidade pública”. A Promotoria Geral deve investigar o caso.

Publicidade

O governo do Egito está profundamente irritado com o vídeo

O conteúdo tem cerca de três minutos de duração e mostra um homem e uma mulher subindo uma das Pirâmides de Gizé, com a cidade do Cairo ao fundo. Assim que chegam ao topo, a mulher, identificada pelo fotógrafo como Josephine Sarah, tira a camiseta e os dois se abraçam sem roupa. O resto você já sabe. O vídeo gravado em cinco de dezembro foi deletado. 

Ashraf Mohi, diretor-geral da Pirâmides de Gizé, classificou as imagens como falsas, já que segundo ele, seria impossível furar o forte esquema de segurança. “As pirâmides são os símbolos históricos mais importantes do mundo. As pessoas têm diferentes ambições e paixões quando se trata de expressar o amor por elas”.

Os responsáveis pela segurança das Pirâmides de Gizé duvidam da autenticidade das imagens

As imagens foram publicados no YouTube e o fotógrafo se manifestou sobre o assunto dizendo estar “triste por ter deixado tantas pessoas irritadas. “Mas, eu recebimuitas mensagens de apoio dos próprios egípcios”, disse ele ao tabloide dinamarquês.  “É algo para nunca esquecer”  

Escalar pirâmides é crime no Egito e críticos acreditam que o incidente representa uma agressão aos conceitos conservadores da sociedade do país africano.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Favoritos