Carregando...
BrasilDica

13 lugares incríveis nas montanhas brasileiras

Se você, assim como eu, é do tipo de pessoa que não é muito fã do verão, pode ser que tudo o que você mais queira seja fugir do calor. Com a chegada da temporada Outono – Inverno, já dá para pensar e se preparar para descansar em lugares mais distantes e aconchegantes! Se esse for o seu desejo, vale a pena conferir os cinco refúgios nas montanhas brasileiras indicados pelo Quanto Custa Viajar.

1. Hotel Botanique – Campos do Jordão (SP)

Com uma bela localização entre as montanhas da Serra da Mantiqueira, o hotel Botanique fica entre Campos do Jordão, São Bento do Sapucaí e Santo Antônio do Pinhal. Vilas individuais se espalham entre jardins, bosque de araucárias, restaurante, biblioteca e spa. As diárias estão a partir de 2.500 reais.

botanique-restaurante-mina_tuca_reines__1
008249-hotel-of-the-week-botani1

2. Parador Casa da Montanha – Cambará do Sul (RS)

A ecovillage está dentro de uma fazenda próxima a Campos de Cima da Serra e Rio Grande do Sul. O estilo rústico do lugar combina com as matas de araucárias e o Rio Camarinhas que o cercam. A vista panorâmica, a gastronomia típica da região e as barracas térmicas vão te transportar para outra realidade por uns dias.

casa-da-montanha
casa da montanha

3. Hotel Saint Andrews – Gramado

Localizado a apenas 2 km do centro da Gramado, o edifício de estilo europeu tem vista para um belo lago e para as montanhas do Vale do Quilombo. Serviços de spa, massagem e sauna são oferecidos para quem quer relaxar ainda mais em meio a natureza.

HotelSaintAndres
HotelSaintAndrews

4. Pousada Tankamana – Itaipava (RJ)

Os chalés da pousada Tankamana possuem 40 metros quadrados, ofurô para casal e varanda e várias outras comodidades. É um verdadeiro refúgio de tranquilidade, privacidade e romantismo, a Pousada Tankamana está localizada a poucos quilômetros do Rio de Janeiro, e a 25 minutos do centro de Itaipava.

5. Oásis Hotel Spa – Gravatá (PE)

Engana-se quem pensa que o Nordeste é só praia. Existem lindas regiões serranas, como Gravatá, município a apenas 80 km de Recife e a 450 metros acima do nível do mar, o que resulta em temperaturas baixas de até 10ºC. Para fugir do frio, a dica é o Oasis Hotel Spa, que oferece sauna, serviços de massagem e bem-estar. Uma vantagem é a proximidade com a reserva ecológica Serra do Contente, a apenas 10 km de distância.

6. Cantos e Contos – Monte Verde (MG)

A cidade mineira de Monte Verde, pertinho de São Paulo, é bem conhecida entre os casais. O clima pode ficar ainda mais romântico se você escolher uma boa pousada, como é o caso da Cantos e Contos. Por um bom custo-benefício, os hóspedes podem alugar chalés com lareira e/ou hidromassagem. Na hora do lazer, recorra à sauna, piscina, salão de jogos ou até mesmo ao centrinho do município, a poucos quilômetros dali.

7. Pousada Portal do Céu – Domingos Martins (ES)

Quem mora em Espírito Santo já corre para Domingos Martins quando chega o friozinho. A cidade a 57 km de Vitória e próxima ao Parque Estadual Pedra Azul tem belas paisagens e pousadas aconchegantes. Para admirar o nascer e o pôr do sol diretamente do seu quarto, o Portal do Céu é uma boa pedida. As enormes janelas e a varanda proporcionam uma verdadeira imersão na natureza. Diárias a partir de R$ 400.

8. Parador Santarém – Itaipava (RJ)

Não se engane com a rusticidade aparente da construção coberta de piaçava. Emergindo no meio de 50 mil m² de área verde, em Petrópolis o Parador Santarém tem conforto de sobra e muita sofisticação em seus cômodos. Os quartos, com vista para o jardim ou para as montanhas, aquecem os hóspedes com ajuda da lareira. O restaurante conta com uma adega recheada de rótulos. A área externa tem piscina, spa e quadra de tênis. Diárias a partir de R$ 559.

9. Pousada Villas da Serra – Serra de São Bento (RN)

Quem diria que a apenas 110 km de Natal haveria uma bela serra a ser contemplada. Na Serra de São Bento há alguns atrativos naturais e muito aconchego na pousada Villas da Serra. Erguidos literalmente em cima de uma rocha na centenária propriedade Fazenda Floresta, os apartamentos possuem 64 m² e uma varanda com vista deslumbrante para os arredores. Os hóspedes desfrutam ainda de restaurante (com mesas ao ar livre, do lado da Pedra do Sapo), piscina, bar, salão de jogos, kids club, quadra de tênis, massagens e trekking.  Diárias sob consulta.

10. Pousada Pé no Mato — Chapada Diamantina (BA)

Sabia que a cidade mais fria da Bahia é Rio de Contas, em plena Chapada Diamantina? Para quem curte as maravilhas do parque estadual, é bom levar uma blusa na mala, porque no topo das serras chega a fazer 0ºC e as madrugadas podem ficar em torno de 4ºC. Para entrar no clima, nada melhor do que um chalé. A pousada Pé no Mato aluga chalés suíços em madeira, equipados e com vista para a Chapada. Preços sob consulta.

11. Pousada Serra do Luar – São Francisco Xavier (SP)

Com visual panorâmico para a montanha, a pousada tem chalés com lareira e algumas unidades incluem banheira ofurô. Os hóspedes ainda contam com piscina coberta aquecida com jatos, sauna, restaurante e, a 10 km dali, as cachoeiras de Pouso do Rochedo e Pedro David. Diárias a partir de R$ 290.

serra do luar
Serra do Luas

12.  Pousada Cambuim – Urubici (SC)

Juntando um grande complexo natural e de lazer, a pousada Cambuim oferece não só comodidade, mas também confortáveis chalés para repousar após um dia intenso de atividades. São duas cabanas independentes e quatro geminadas, todas bem equipadas e com lareira. Abrangendo uma grande área verde de Urubici, uma das regiões mais gélidas do país, a pousada fica imersa na natureza, às margens de um rio que forma piscinas naturais. Diárias a partir de R$ 700.

13. Hotel Pousada Shangri-Lá – Serra Negra

A cidade de Serra Negra é uma velha conhecida dos paulistanos durante o outono e o inverno, especialmente por ser um pólo têxtil. Indo além do turismo bate-volte, que tal esticar a estadia em hotéis fazenda? Existem vários na região. O romântico Shangri-Lá fica de frente para o belo Vale da Lua Azul, sendo um convite para a contemplação e a serenidade, baseados no conceito de “nadismo”, ou a arte de fazer nada para esvaziar a mente. Agradando especialmente os casais, conta com um espaço zen, dedicado a tratamentos e terapias corporais, além de um restaurante aberto ao público. Se quiser, pode levar seu mascote na mala, porque o local é petfriendly. Diárias a partir de R$ 295.

Fotos: divulgação

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Favoritos