Carregando...
Dica

15 cânions no Brasil para explorar na sua próxima viagem

Estados Unidos é dono de um dos cânions mais famosos e belos do mundo, o Grand Canyon. Quando se ouve essa palavra, é fácil se lembrar dele. Mas, sabia que existem cânions no Brasil repletos de beleza que você pode conhecer? Entre várias regiões brasileiras, é possível passear pelas rochas e acessar algumas das vistas mais incríveis do país.

Uma das regiões mais famosas é Aparados da Serra, entre Santa Catarina e Rio Grande do Sul, onde está simplesmente o maior cânion da América do Sul. Para se ter uma ideia, são 10.250 hectares ocupando o parque nacional, sendo Itaimbézinho o maior deles, com mais de 5 quilômetros de extensão.

Cânions no Brasil para você explorar

Acessados por trilhas, cercados de belas paisagens e cortados por rios, os cânions são passeios imperdíveis para quem tem sede por altura e aventura. Confira 15 cânions no Brasil selecionados pelo Quanto Custa Viajar:

1. Cânion do Xingó

canions do brasil
Cânion do Xingó. Foto: Wikimedia Commons

Passando pelo Rio São Francisco, em Sergipe, este passeio de barco parte de Canindé, a 200 km de Aracaju. Ao chegar no cânion, os turistas podem se esbaldar nas águas cristalinas e esverdeadas, além de ir até o interior das rochas, como até a Gruta do Talhado, com um barquinho menor.

Leve toalha e roupas de banho para curtir as águas tranquilas da região. Os turistas ficam em uma área de contenção cercada por boias e todos recebem macarrões para boiar com maior segurança.

QUANTO CUSTA?

canions do brasil
Cânion do Xingó. Foto: Claudia Regina – Flickr

Os passeios até o cânion do Xingó custam R$100 por pessoa. Os ingressos podem ser adquiridos direto nos hotéis da região — faça essa reserva com antecedência. Os passeios de catamarã até o Cânion do Xingó têm duração de 3 horas e pausas para banho.

Quem quiser visitar a Gruta do Talhado deve pagar uma taxa extra de R$10 para pegar um barquinho. Essa volta pela gruta dura 10 minutos.

Ao retornar, você pode almoçar no Restaurante Karrancas. O valor do buffet livre é de R$39 por pessoa, fora bebidas e sobremesas.

Preços consultados em novembro de 2018 e sujeitos à alteração.

COMO CHEGAR?

canions do brasil
Cânion do Xingó. Foto: Patsy M – Flickr

Normalmente, os turistas que desejam visitar o Cânion do Xingó vão até Aracaju e de lá partem para viagem. Você pode alugar um carro em Aracaju e seguir pela BR 101 até Canindé de São Francisco. São aproximadamente 200 km de distância.

Outra alternativa é ir de ônibus até Canindé. Vá até a Rodoviária de Aracaju e pegue sua condução. O preço fica entre R$45 – R$50, são aproximadamente 4h de viagem.

Preços consultados em novembro de 2018 e sujeitos à alteração.

ONDE SE HOSPEDAR?

Fazer um bate e volta de Aracaju até o Cânion do Xingó, por exemplo, é muito puxado. O ideal é você se hospedar nas cidades mais próximas, que são Piranhas ou Canindé. Confira boas opções:

Hospedagens boas e baratas em Canindé do São Francisco

Hospedagens boas e baratas em Piranhas

2. Cânion das Bandeirinhas

canions no brasil
Cânions das Bandeirinhas. Foto: Wikimedia Commons

Com 80 metros de altura e 4 quilômetros de extensão, o cânion em Ribeirão Bandeirinhas fica dentro do Parque Nacional da Serra do Cipó, em Belo Horizonte, Minas Gerais. O percurso conta com muitas cascatas, piscinas naturais e cachoeiras.

Para chegar ao Cânion, você entra pelo Parque Nacional e segue uma trilha de 12 km só de ida, com dificuldade fácil/moderada, já que tem a maior parte do trajeto com caminhos planos e outros com terra fofa.

É claro que vai ter aventura: você vai atravessar córregos, rios, andar em cima de pedras e até se esforçar em algumas subidas. A trilha pode ser feita a pé, de bicicleta ou com jipes autorizados previamente para pessoas com dificuldades de locomoção.

QUANTO CUSTA?

cânions do brasil
Cânion das Bandeirinhas. Foto: Wikimedia Commons

A entrada no Parque Nacional da Serra do Cipó é gratuita. O horário de funcionamento é de 8 às 18 horas, com entrada permitida somente até as 15 horas.

A entrada em todas as áreas é rigorosamente limitada a um determinado número de pessoas por dia. Quem desejar visitar a Cachoeira Grande/Zareia deve pagar uma taxa de R$30 por pessoa.

Para saber se o Parque está aberto à visitação, confirmar sobre a entrada gratuita, tratar de outros assuntos, inclusive sobre acesso às cachoeiras localizadas no interior da unidade de conservação, entre em contato diretamente com o ICMBio/IBAMA: escritório da administração do Parque, telefones (31) 3718-7151 / 3718-7475 / 3718-7481 / 3718-7469.

COMO CHEGAR?

Você pode sair de carro de Belo Horizonte e seguir pela MG 010 até Jaboticatuba. Depois, basta seguir as indicações do GPS e das placas para chegar ao Parque Nacional da Serra do Cipó. A viagem dura em média 2 horas.

Alugue um carro em Belo Horizonte para ir tranquilamente até o Parque Nacional!

ONDE SE HOSPEDAR?

Por estar a 95 km de Belo Horizonte, você pode perfeitamente fazer um bate e volta e ficar hospedada na capital mineira.

Confira boas opções de Hospedagem em Belo Horizonte aqui!

3. Cânion do Rio Espalhado

canions do brasil
Foto: João Ibicoara – Chapada Diamantina

Este é um dos cenários mais bonitos do Brasil e da Chapada Diamantina. Isso porque você tem a possibilidade de visitar a famosa Cachoeira do Buracão — com o Rio Manso “espalhado” ao longo de Buracãozinho, que é uma piscina no meio do cânion, que tem três metros de largura e 90 metros de altura.

Para chegar até ele é preciso atravessar um rio, até que se chegue à queda de 85 metros de altura. Todo este esplendor fica em Ibicoara, na Chapada da Diamantina, Bahia.

QUANTO CUSTA?

Não há cobrança de ingresso para entrar no Parque Nacional da Chapada Diamantina. Vale a pena contratar um guia para acompanhar você no trajeto.

COMO CHEGAR?

Para ir até o Parque Nacional, você pode fazer o percurso com um carro alugado e deixar o veículo no estacionamento.

Você caminha no leito do Rio Espalhado por 1 hora, em uma trilha considerada relativamente fácil, já que são poucas subidas ao longo do trajeto. A parte mais inclinada do percurso realmente é para chegar até a Cachoeira do Buracão.

ONDE SE HOSPEDAR?

Quem deseja visitar o cânion e as cachoeiras pode ficar hospedado em Ibiocara ou até mesmo em Mucugê e Igatu. Confira boas opções:

Hospedagem em Ibiocara | Mucugê | Igatu.

4. Cânion dos Apertados

cânions do brasil
Cânion dos Apertados. Foto: Geoparque Seridó

No município de Currais Novos, no Rio Grande do Norte, está o cânion por onde passam as águas do Rio Picuí e do Rio Currais Novos que, ao longo dos anos, esculpiram as pedras, criando esses paredões — o único de rocha granítica do mundo.

O Cânion dos Apertados fica dentro da propriedade particular da Fazenda Aba da Serra, um lugar cheio de encantos e história no meio da caatinga. devido às estiagens, o rio secou. Porém, dependendo da época do ano e das chuvas, algumas piscinas surgem por lá. Essas águas de chuvas não chegam a encher os leitos dos rios, mas contribuem para deixar a paisagem ainda mais exuberante.

QUANTO CUSTA?

cânions no brasil
Cânion dos Apertados. Foto: Wikimedia Commons

Uma taxa de R$5 é cobrada dos visitantes, que saem de lá encantados com a beleza exótica do local.

COMO CHEGAR?

O acesso é pela zona rural, a 223 km de Mossoró. Saindo do centro de Currais Novos, siga um trajeto de 6 km até a Fazenda Aba da Serra, onde fica o cânion. Você pode ir de carro bem próximo a entrada.

ONDE SE HOSPEDAR?

Quem deseja visitar o Cânion dos Apertados pode ficar na cidade de Currais Novos.

Encontre o hotel ideal em Currais Novos – RN aqui!

5. Cânion Churriado

Parque Nacional da Serra Geral fica na divisa entre os estados do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina, com território distribuído pelos municípios de Cambará do Sul e Jacinto Machado.

Cambará do Sul reúne cânions surpreendentes a mais de 1.000 metros de altura

Dentro dele está o Cânion Churriado, com 3 km de extensão e paredes de 250 a 700 metros de altura. O cânion tem uma vista espetacular quando se alcança seu topo.

O acesso até o cânion é difícil, com uma trilha puxada e pesada. Você vai caminhar 16 km (ida e volta) para chegar ao cânion.

QUANTO CUSTA?

A entrada no Parque Nacional da Serra Geral é gratuita. Contudo, os cânions só podem ser visitado com o acompanhamento de um guia credenciado.

COMO CHEGAR?

O principal portão de acesso fica a 22 km da cidade de Cambará do Sul/RS, em estrada de terra em bom estado de conservação. Você pode ir de carro até lá e seguir pelas trilhas a pé.

Mais informações pelos telefones (54) 3251-1277/1262 ou pelo e-mail do ICMBio.

ONDE SE HOSPEDAR?

Há possibilidade de hospedagem nos municípios Jacinto Machado/SC, Praia Grande/SC e Cambará do Sul/RS.

Hospedagem boa a barata em Cambará do Sul: saiba mais aqui!

6. Cânion da Fortaleza

cânions no brasil
Cânion da Fortaleza. Foto: Wikimedia Commons

Cânion da Fortaleza tem 900 metros de profundidade ao longo de 7,5 km de comprimento. Da parte mais alta se avista a Praia de Torres, parte do litoral do Rio Grande do Sul.

Assim que entrar no Parque Nacional da Serra Geral, você segue pela trilha do Mirante do Fortaleza, que tem 3 km de distância (ida e volta). Mas não subestime isso: é uma caminhada puxada, com subidas e descidas, que leva pelo menos 2 horas.

cânions no brasil
Cânion da Fortaleza. Foto: Wikimedia Commons

Mas o esforço vale a pena, pois o visual lá de cima é exuberante. É tão intenso que muitas cenas da minissérie A Casa das 7 Mulheres foram gravadas lá.

7. Cânion Malacara

canions no brasil
Cânion Malacara. Foto: Trip Advisor

Saindo do Cânion da Fortaleza, os visitantes mais preparados podem partir para um trekking de 22 km (ida e volta) para chegar até o Cânion Malacara. Obrigatoriamente, você deve ir acompanhado de um guia, caso queira fazer esse passeio.

Mas essa não é a única forma de ir até lá. É possível seguir de carro até a entrada da trilha, que fica na Estrada Geral da Vila Rosa em Praia Grande. Esse caminho também faz parte do Parque Nacional da Serra Geral.

Tenha em mente que é proibido acompanhar no Parque Nacional da Serra Geral. Por isso, você terá que ter fôlego e muito preparo físico caso queria ir até o Cânion, já que você terá que voltar no mesmo dia.

cânions no brasil
Cânion Malacara. Foto: Trip Advisor

Com uma profundidade de 700 metros de altura e 3,5 quilômetros de extensão, o Cânion Malacara tem uma beleza selvagem pouco acessada pela maioria dos visitantes.

Atravesse riachos e alguns rios, como o Malacara, com água até a cintura! Ande pela mata fechada ouvindo o barulho do rio ao seu lado. O caminho é bem úmido, com lama e vegetação com espinhos em algumas partes. Por isso, todo cuidado é pouco!

Como existem muitas pedras soltas pelo caminho, o ideal é usar um calçado de cano alto para evitar torções.

8. Cânion dos Índios Coroados

cânions no brasil
Cânion dos Índios Coroados. Foto: Trip Advisor

Também dentro do Parque Nacional da Serra Geral, o cânion de 700 metros de altura e 1,5 km de extensão. Chegar ao cânion é bem simples e fica logo no início da descida da Serra do Faxinal.

Estacione seu carro ao lado do antigo posto de fiscalização sanitária, hoje uma construção abandonada. Atrás dela existe uma cerquinha, é só atravessá-la e andar 600 metros para chegar ao mirante.

Esse trajeto é fácil de fazer e tem apenas uma descida pequena para passar um riacho. Bem em frente ao mirante, você consegue ver as Cachoeiras Gêmeas e, ao fundo, o Cânion Malacara.

9. Cânion Itaimbézinho

Cânion Itaimbezinho. Foto: Tiago Pádua

Localizado no Parque Nacional dos Aparados da Serra, o Cânion Itaimbezinho é composto de paredões de 5,8 km de extensão, 720 metros de profundidade e 600 metros de largura, sendo um dos mais famosos da região de Cambará do Sul, que fica a 24 km de distância.

Antigamente, o local era habitado por índios guaranis, que deram nome à fenda: Itaimbé (ita, de pedra; aimbé, de cortada). É possível acessar o Cânion de 3 maneiras diferentes:

  1. Trilha do Cotovelo: com 6,3 km (ida e volta), caminhada de 2h30.
  2. Trilha do Vértice: com 1,4 km (ida e volta) e tempo total de caminhada de 45 minutos.
  3. Trilha do Rio do Boi: acessado por Praia Grande, totalizando 14 km de caminhada (ida e volta) e 6 horas em média.

QUANTO CUSTA?

cânions no brasil
Cânion Itaimbezinho. Foto: Wikimedia Commons

Antigamente, era cobrado uma taxa de visitação. Hoje, a entrada é gratuita.

Hospedagem boa a barata em Cambará do Sul: saiba mais aqui!

10. Cânion Josafaz

Este é um dos maiores cânions no Brasil, com cerca de 16 km de extensão e a 1.000 metros acima do nível do mar. Um tanto remoto,  esta além dos limites dos dois Parques Nacionais dos Aparados, pertencendo ao município de São Francisco de Paula, também próximo ao município de Cambará do Sul.

Normalmente, quem se aventura nesta trilha acaba acampando no meio do caminho, já que o trajeto é pesado e cansativo, totalizando 21 km (ida e volta). Por isso, é interessante procurar uma agência que faça esse acompanhamento.

11. Cânion do Guartelá

Entre os municípios Castro e Tibagi, no Paraná, o Cânion Guartelá está no planalto dos Campos Gerais, ocupando cerca de 30 quilômetros de extensão e 450 metros de altura. O local, escavado pelo Rio Iapó, divide espaço com o Parque Estadual do Guartelá, repleto de vales profundos, inscrições rupestres, quedas d’água e corredeiras.

O acesso à trilha é feito somente com autorização do parque — entram somente 40 pessoas por dia, 20 de manhã e 20 à tarde. Tudo é bem sinalizado e com dificuldade moderada. No total, a trilha tem 10 km — calcule pelo menos 5 horas de caminhada tranquila e curtindo o visual. Quem realiza a trilha completa deve ir acompanhado de um guia.

QUANTO CUSTA?

cânions no brasil
Cânion Guartelá. Foto: Wikimedia Commons

O visitante que deseja fazer as trilhas do Parque Guartelá, deve pagar R$ 35 por pessoa. Valor válido a partir de 2 pessoas, quando a pessoa estiver sozinha com guia, será cobrado um valor total de R$ 70. Neste preço, já está incluso o condutor de trilha.

COMO CHEGAR?

O Parque Estadual do Guartelá fica a 200 km de Curitiba. Da capital paranaense, é possível ir pela BR 277 até Campo Largo, depois pegar a 376 até Ponta Grossa e seguir pela PR 151 e PR 340 até o parque.

Quem vai de ônibus pode pegar uma condução que parte da Rodoviária de Curitiba até Tibagi. Essa linha opera com saída somente às sextas-feiras às 15h30. Nos demais dias, é preciso ir até Ponta Grossa e, na rodoviária de lá, seguir para Tibagi.

ONDE SE HOSPEDAR?

O Cânion Guartelá fica a 203 km de distância de Curitiba. Fazer um bate e volta é bem puxado e cansativo. Por isso, a dica é procurar uma hospedagem em Tibagi.

Hotéis baratos perto de Tibagi: confira aqui!

Dica extra: passe por Carambeí e pare no Frederica´s Koffiehuis para comer uma torta 😉

12. Cânion do Rio Poti

Com paredões que alcançam 60 metros de altura, o Cânion do Rio Poti está a 230 quilômetros de Teresina, no Piauí. O nome fica por conta do Rio Poti, que nasce no Ceará e chega até o território vizinho por meio de uma falha geológica. O caminho é cheio de cavernas e abrigos naturais, lindos de se ver.

É interessante contratar um guia para te acompanhar ao local. Até porque, chegando ao rio, os turistas fazem passeios com caiaques — que normalmente já estão inclusos com o guia.

COMO CHEGAR?

A melhor maneira é ir de carro até a beira do Rio Poti. Mesmo sendo estrada de terra, qualquer tipo de automóvel passa por lá. Do centrinho de Castelo do Piauí, por exemplo, seu trajeto será  aproximadamente de 1h.

ONDE SE HOSPEDAR?

Vale a pena procurar uma pousada em Castelo do Piauí, que fica a 50 km de distância do Cânion do Rio Poti. Quem gostar de acampar, vá até a Fazenda do Enjeitado, um ponto de apoio do cânion.

13. Cânion do Rio São Jorge

Cânion do Rio São Jorge. Foto: Quanto Custa Viajar

Atraindo muitos turistas, o Cânion do Rio São Jorge, a 15 quilômetros de Ponta Grossa, no Paraná, fica dentro de uma propriedade particular e faz parte da lista de cânions no Brasil mais legais para se visitar.

Rodeado de cachoeiras, sendo a maior delas com 30 metros de altura, e pinturas rupestres de aproximadamente 7 mil anos são alguns dos atrativos. O local tem espaço para acampar, com boa infraestrutura. 

Cânion do Rio São Jorge. Foto: Quanto Custa Viajar

QUANTO CUSTA?

Entrada para o parque: R$15 por pessoa. Mais informações acesse o site da Prefeitura de Ponta Grossa.

ONDE SE HOSPEDAR?

Você pode se hospedar por lá mesmo! O parque tem um Camping que cobra R$25 por pessoa.

14. Cânion do Peixe Tolo

cânions do brasil
Cânion do Rio São Jorge. Foto: Wikimedia Commons

Em Conceição do Mato Dentro, Minas Gerais, este cânion no Parque Estadual da Serra do Intendente tem a segunda maior queda d’água da região, a Cachoeira do Peixe, com 200 metros de altura. O local, acessado através de trilhas, é ideal para quem gosta de esportes radicais.

Para fazer o passeio é fundamental estar acompanhado de um guia credenciado. O trajeto é de cerca de 5 km e feito a pé, já que não é permitida a entrada de carros.

QUANTO CUSTA?

A entrada no Parque Estadual é gratuita e pode ser feita todos os dias, das 8h às 16h. Requer agendamento prévio.

COMO CHEGAR?

O acesso é feito de carro pelo distrito de Itacolomi, passando pelo povoado de Parauninha até a região do cânion. A partir daí, deixa-se o veículo e caminha-se por aproximadamente 2h30. O sítio fica a aproximadamente 25 km do centro da cidade.

ONDE SE HOSPEDAR?

Você pode procurar pousadas em Itacolimi ou em Conceição do Mato Dentro.

Hospede-se em Conceição do Mato Dentro com os melhores preços!

15. Cânion do Rio Jaguariaíva

Cânion do Rio Jaguariaiva. Foto: Wikimedia Commons

Este é simplesmente o 8º maior cânion do mundo em extensão, com paredões de arenito que chegam a 80 metros de altura. Localizado na cidade de Jaguariaíva, no Paraná, atrai muitos viajantes interessados em ecoturismo e atividades aventureiras, como o rafting.

Cotação de seguro-viagem: faça a sua aqui

COMO CHEGAR?

Jaguariaíva fica na região dos Campos Gerais próxima das cidades de Sengés e de Itararé. Fica a aproximadamente 280 km de Londrina e 230 km de Curitiba. Quem viaja pelo sul fica mais fácil se deslocar até a região do cânion de carro.

ONDE SE HOSPEDAR?

Agora que você já sabe quais são os cânions no Brasil mais legais, que tal começar a planejar sua viagem para um deles? Aproveite e conte nos comentários: qual desses cânions você já conhece? Tem outro que você visitou e que ficou de fora da lista? Conta aqui que vamos adorar saber 🙂
 
 
 
Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Favoritos