Carregando...
DicaInternacional

Permissão Internacional para Dirigir (PID): como fazer a carteira de motorista válida em todos os países

A Permissão Internacional para Dirigir (PID) é uma carteira de habilitação internacional para motoristas. Apesar de não ser exigida em todos os países, ela pode evitar muitas dores de cabeça durante uma viagem ao exterior. Confira nesse post como tirar sua PID passo a passo e os documentos necessários!

A liberdade que um carro proporciona é perfeita para explorar muitas cidades e destinos mundo afora. Dirigir no exterior pode ser uma experiência maravilhosa, principalmente em trajetos cênicos, cheios de paisagens lindas pelo caminho. Se você está pensando em dirigir no exterior em sua próxima viagem internacional, confira nossas dicas de como fazer a Permissão Internacional para Dirigir (PID).

Como tirar a Permissão Internacional para Dirigir (PID)?

Cada país tem seu próprio regulamento a respeito da condução de veículos. Em alguns países basta apresentar a CNH brasileira para que você esteja apto a conduzir um veículo durante suas férias. Em outros países, no entanto, é necessário ter a PID (Permissão Internacional para Dirigir) acompanhada de sua CNH brasileira.

Entretanto, mesmo que a PID não seja obrigatória em alguns países, é recomendado que você a tenha em mãos, juntamente com sua CNH, para dirigir, pois dessa maneira as autoridades locais poderão identificar com mais facilidade quaisquer informações que sejam necessárias.

Mesmo que não seja de apresentação obrigatória em alguns países, há locadoras pelo mundo que pedem a PID em algumas situações e, se você não a tiver, pode correr o risco de não conseguir alugar um carro. O caso já aconteceu com um parente meu e não foi nada legal. Por isso, recomendo sempre que faça a PID para não correr riscos!

permissao internacional para dirigir pid

O que é a PID – Permissão Internacional para Dirigir?

A PID é a Permissão Internacional para Dirigir, um documento para quem deseja dirigir nos países signatários da Convenção de Viena e nos países que atendem ao princípio da reciprocidade. Ela é sempre apresentada junto com a CNH brasileira, portanto você precisará da CNH e da PID para dirigir nos países em que ela for de apresentação obrigatória.

A PID é um documento simples, feito em papel, que basicamente traduz a CNH do condutor brasileiro para 7 línguas e permite que as locadoras e autoridades de outros países possam entender seus dados e informações pessoais.

Atente-se para o fato de que a PID é um documento que apenas traduz sua CNH. Você continuará precisando da CNH brasileira para dirigir e também do seu passaporte para demais finalidades, já que ele é o documento válido para viajar para a maior parte dos países estrangeiros.

Quem pode requerer a PID?

Podem requerer a PID condutores habilitados e em situação regular, com CNH definitiva ou permissão para dirigir, dentro do prazo de validade do documento. A PID deverá ser requerida junto ao Departamento de Trânsito (Detran) do Estado em que sua CNH foi emitida.

Como fazer a PID?

Geralmente o processo é simples, bastando ir ao site do Detran do Estado de emissão de sua CNH, preencher um formulário com alguns dados pessoais como nome, data de nascimento, número da CNH, nome da mãe e CPF. Preenchido o cadastro, é gerado um boleto para pagamento do valor da PID, que varia entre as Unidades federativas.

Após pagar o valor da taxa e o prazo de emissão do documento, você pode receber o documento em sua casa.

A dica é começar os procedimentos de emissão da PID 2 ou 3 meses antes da viagem para garantir que terá o documento em mãos em tempo hábil.

Fique atento: Recomendamos que você consulte o passo a passo para requerer a PID junto ao Detran do Estado de sua CNH. O procedimento pode sofrer algumas alterações entre os Estados.

Quanto custa a PID?

O Detran de cada estado estabelece um valor para a emissão da PID. A mais barata do Brasil é no Rio Grande do Sul, onde a taxa é de apenas R$ 63,99 e a mais cara é do Mato Grosso do Sul, onde o documento custa R$ 358,90!

Para dados mais precisos ou de outros Estados, é indicado consultar essa informação junto ao Detran em que sua CNH foi emitida (confira os links abaixo.

Onde fazer a PID em cada Estado

Os valores mencionados acima referem-se a outubro de 2020.

Qual a validade da PID?

A validade da PID é de até 3 anos a partir de sua data de emissão ou até a expiração da CNH brasileira – fica valendo o que acontecer primeiro.

Preciso da PID para dirigir em outros países?

Depende do país que você pretende visitar. Em alguns países como ArgentinaChile e Estados Unidos a PID não é obrigatória (embora recomendada, como explicamos acima). Já na África do Sul e Itália ela é necessária.

Confira no site do Detran de São Paulo os países signatários da Convenção de Viena.


Para mais informações, consulte o site do Denatran e, se estiver pensando em fazer uma viagem, visite também o site do consulado do país que você pretende conhecer para saber sobre a necessidade da PID.

Aluguel de carro no exterior

Vale lembrar também que alguns países podem ter regras específicas para alugar um carro a um condutor estrangeiro. Há países que exigem idade mínima de 21 ou 25 anos para estrangeiros alugarem um carro e há também locadoras de determinados países que requerem o pagamento de uma taxa extra para condutores jovens. É preciso avaliar destino a destino, locadora por locadora.

Para não passar por apuros ou situações inusitadas, a melhor medida é sempre consultar as informações oficiais do país em que você deseja dirigir, visitando o site do consulado e as regras de condução da locadora que pretende alugar o carro.

E você, já emitiu a PID ou precisou utilizá-la no exterior? Compartilhe com a gente as suas dicas e experiência nos comentários!

Via Melhores Destinos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Favoritos