Carregando...
Dica

9 dicas de como se preparar para uma viagem internacional

Quem aí é do time do planejamento levanta a mão!
Já tem algum tempo que eu não fecho pacotes de viagem, eu prefiro planejar por conta própria minhas viagens, escolhendo hotéis, passeios etc... Por isso, no post de hoje vou trazer para você 9 dicas de como se preparar para uma viagem internacional! E aí, gostou? Go!

Com a praticidade que o o Google nos traz e sites como o Melhores Destinos, que possui mais de 164 guias de destinos completinhos e um aplicativo que sempre mostras as melhores promoções de passagens aéreas, fica fácil planejar por conta a sua própria viagem!

Então, vamos as dicas!

1. Documentos

Após definir o seu destino, é importante providenciar a documentação. Por isso, verifique se o destino escolhido exige o passaporte passaporte! 

Não tem passaporte? Saiba como tirar clicando aqui!

Mas vale lembrar, que para países que fazem parte do Mercosul, como a Argentina e o Chile, por exemplo, o documento de identidade (RG) já é o suficiente. Mas é importante que o documento esteja em boas condições e que ele tenha sido emitido nos últimos dez anos e possua uma foto atual. Carteira de motorista não serve para viajar para o exterior.

Se já tiver um passaporte, fique atento ao prazo de validade. Muitos países exigem um documento válido por pelo menos seis mesese as companhias aéreas nem permitem o embarque de passageiros que não estejam dentro desse padrão. Verifique se é o caso do seu destino e, se necessário, agende para tirar um novo passaporte no site da Polícia Federal.

2. Vistos e Taxas

Muitos países exigem além do passaporte, o visto! O visto é um documento que autoriza a entrada de um estrangeiro em outro país. Os tipos de visto variam de lugar para lugar, sendo os mais comuns aqueles que precisam ser providenciados com antecedência, e aqueles que são concedidos aos turistas quando eles passam pela imigração.

A necessidade de uma autorização dessas também depende tanto do destino, quanto da origem do viajante. Mas existem 153 países que você pode visitar sem precisar de um visto. O site Nômades Digitais tem uma lista com todos eles.

Estados Unidos, Canadá e Austrália, no entanto, assim como outros locais, exigem vistos para quem viaja com o passaporte brasileiro. Como cada um desses países tem um processo diferente para obter tal autorização, o ideal é pesquisar nos sites dos consulados para se informar sobre como proceder.

Não deixe para cima da hora, pois alguns deles exigem que você faça a requisição pessoalmente, e eles podem demorar até meses para serem emitidos. Saiba como tirar o visto dos Estados Unidos.

Alguns países não exigem vistos, mas cobram uma taxa de turismo, como é o caso de San Andrés na Colômbia ou Punta Cana na República Dominicana. No segundo caso, o pagamento é feito na imigração, mas no primeiro é preciso pagar com antecedência. 

3. Vacinas

Esse é um item frequentemente esquecido na hora de planejar uma viagem internacional. Apesar disso, ele é muito importante, e sua aventura pode terminar antes mesmo de começar se você não tiver as vacinas necessárias para visitar seu destino.

A mais comum é a da Febre Amarela, que é disponibilizada de forma gratuita nos postos de saúde. Se você tomou a dose fracionada, distribuída na época de surtos aqui no Brasil, se atente pois ela não é válida para viagens!

Para outras vacinas (ou para saber as específicas para o seu destino), você pode consultar o site da ANVISA.

Depois de tomar a dose necessária, é importante fazer o certificado de vacinação internacional. Ele serve para atestar para outros países que você tomou a vacina, e em qual data. Ele é emitido de forma gratuita pelos postos da ANVISA, e você só precisa marcar um horário no site e levar um documento de identificação e o comprovante de vacinação. Se possível, também leve um documento que mostre que você vai viajar para um país que exige tal vacina, como a confirmação da passagem.

4. Seguro Viagem

Em uma viagem, muita coisa pode acontecer, por isso é bom estar segurado para acidentes, perda de bagagem etc…Portanto, na hora de se preparar para uma viagem internacional, é importante fazer um bom seguro viagem, que vai te socorrer em qualquer emergência.

Em alguns países, como aqueles que fazem parte do Tratado de Schengen (França, Reino Unido, Espanha, Grécia…), o seguro é obrigatório e pode ser exigido na hora que você passa pela imigração. Não vale a pena arriscar a viagem para economizar nessa despesa, especialmente porque os preços costumam ser acessíveis.

Para locais como os Estados Unidos, onde a saúde é muito cara, o seguro não é exigido porém extremamente recomendado. Uma consulta rápida em uma clínica para pegar uma receita de antibióticos, por exemplo, pode custar centenas de dólares. Com o seguro você liga para a central e eles te informam onde ir, além de resolver toda a burocracia e parte financeira por você. Na maioria das vezes, não é preciso desembolsar um centavo durante a consulta.

Os Seguros Viagem atuais também oferecem cobertura para casos como extravio de bagagem, ou atraso e cancelamento de voos.

5. Moeda Local

Como o Brasil é o único país que utiliza o Real, você vai precisar trocar dinheiro para a moeda usada no seu destino.

A forma mais fácil de fazer isso é através de uma casa de câmbio. Dinheiro em espécie tem um imposto menor, e costuma ter melhor conversão do que as praticadas por bancos. Você também pode trocar apenas uma parte do seu orçamento e utilizar cartões de crédito ou pré-pagos. 

Para alguns destinos, como Santiago do Chile ou Buenos Aires, o câmbio é mais vantajoso no exterior. Nesses casos, recomendo trocar apenas uma quantidade pequena de reais por aqui, caso seja necessário pagar um táxi até a sua hospedagem, por exemplo, e deixar para trocar o resto do seu dinheiro quando chegar. Preferencialmente fuja das casas de câmbio nos aeroportos, pois elas costumam ter os piores preços.

Para aqueles que tem moedas fortes, como dólar americano ou Euro, é melhor trocar seu dinheiro antes de sair do país.

6. Idioma

Já dá até uma tremedeira nas pernas né? Mas relaxa! É possível se virar até mesmo só falando português. Em lugares que falam espanhol, por exemplo, é só pedir para falarem mais devagar que na maioria das vezes a proximidade com o português faz com que seja possível compreender o que estão falando.

Com a facilidade que temos hoje em dia, alguns aplicativos como o google tradutor por exemplo, pode salvar nossa viagem e nos ajudar com a língua local! Mas, aprenda algumas palavras e frases antes de viajar isso pode ajudar em momentos mais complicados!

O blog da Alyssa Prado tem um post que fala sobre como aprender inglês para viagens

7. Segurança

Segurança em primeiro lugar pessoal! Quando estamos nos preparando para uma viagem, é super importante pesquisar sobre o destinos e as atrações que vamos visitar! Isso se intensifica ainda mais quando viajamos sozinhos! Faça uma pesquisa antes, além das atrações turísticas, se é seguro sair sozinho a noite, por exemplo, ou se é melhor separar uma parte do orçamento para transporte, aluguel de carro etc.

Ler relatos de outros viajantes ajuda bastante, nos dando um norte e uma ideia do que nos espera. 

O ideal é se informar com antecedência sobre quais lugares você precisa redobrar a atenção. Recomendo também ler sobre golpes, muito comuns em cidades turísticas da Europa como Paris.

8. Clima

Não pense que o clima é igual em todo canto não! Se prepare com antecedência, pesquise o destino e saiba como estará o clima no destino durante a sua viagem! Isso ajuda muito, inclusive no fato de levar coisas desnecessárias na bagagem!

9. Leis

Assim como no Brasil, os países possuem suas próprias leis! Por exemplo, você sabia que a idade legal para beber nos Estados Unidos é 21 anos ou que não pode beber na rua? Que é proibido mulheres tomarem banho de mar de biquini fora dos resorts de luxo nas Maldivas?

O site Loucos por Viagens tem um post com 10 gestos que costumam ser mal interpretados no exterior.

Ficou com alguma dúvida? Acha que faltou alguma coisa na lista? Compartilha nos comentários!

Fonte: Alyssa Prado

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Favoritos