Carregando...
Dica

Cicloturismo: 8 dos mais belos e famosos roteiros de bicicleta pelo mundo

O cicloturismo já ganhou adeptos em todo o mundo. Pudera: tem rotas para iniciantes, mais aventureiros, com diferentes níveis de dificuldade, planas, com ganho de elevação considerável e aquelas perfeitas para uma viagem em família. São caminho diferentes, para distintos gostos e perfis de ciclistas, mas que mantêm uma característica em comum: passam por cenários espetaculares, que vão de regiões montanhosas a outras que percorrem rios e sequências de charmosos vilarejos.

Neste post, listamos oito dos mais belos e conhecidos roteiros de bicicleta do mundo. Vale lembrar que já fizemos um post sobre as principais rotas de cicloturismo no Brasil e também temos um post sobre viajar de bicicleta. Confira!

Avenue Verte, de Londres a Paris

Imagine percorrer charmosos vilarejos e belas paisagens interioranas da Inglaterra e da França em uma viagem de bicicleta que liga Londres a Paris? A Avenue Verte já é uma das rotas de cicloturismo mais famosas de toda a Europa, com 470 quilômetros de extensão e até uma travessia de ferry pelo Canal da Mancha. O caminho é bem estruturado, com opções de pousadas e restaurantes pelos vilarejos pelos quais a rota passa. Além das capitais inglesa e francesa, os destaques do caminho vão para paisagens das margens do Rio Oise e ao longo do Vale Epte.

Alta Via dei Monti Liguri, Itália

São pelo menos duas semanas de pedalada para percorrer a Alta Via dei Monti Liguri, que percorre cerca de 500 quilômetros da Ligúria. O caminho passa por cidades históricas e outras regiões mais conhecidas como Gênova e Cinque Terre. Então é de se imaginar que a pedalada conta com a agradável vista para o Mar Mediterrâneo. No entanto, é preciso preparo: o ganho de elevação neste percurso é de 20 mil metros e a rota ainda tem condições climáticas que trazem desafios aos ciclistas, como chuvas e neblina. Essa é para os ciclistas já experientes e aventureiros, que curtem o rolê de acampar e levar os alimentos junto na bagagem.

Foto: bikepacking.com

Caminho de Santiago, Espanha

O Caminho de Santiago é composto por várias rotas que levam até Santiago de Compostela, na Espanha. Um dos percursos mais conhecidos e percorridos pelos peregrinos é o Caminho Francês, com mais de 800 quilômetros de extensão – que podem ser feitos a pé ou de bicicleta. O trajeto é todo bem sinalizado, conta com belas cidades e vistas incríveis, opções de hospedagem e alimentação e representa um desafio pessoal e, por vezes espiritual, bastante intenso a praticamente todos os que realizam. Há subidas, descidas, terrenos com pedras soltas e também trechos pavimentados. Seja caminhando ou pedalando, é daquelas rotas que exigem um bom preparo!

Foto: OnMy2Wheels

Ciclovia do Danúbio, Alemanha e Áustria

A Ciclovia do Danúbio é uma das principais rotas de cicloturismo da Europa, passando pela Alemanha, Áustria e Hungria. O trajeto de mais de 2.800 quilômetros começa na cidade de Donaueschingen, onde o rio nasce, na região alemã da Floresta Negra, e depois segue o curso do rio passando pela Áustria e vários países do leste europeu, até chegar em sua foz, no Mar Negro. Um dos trechos mais procurados pelos cicloturistas é entre Passau, na Alemanha, e Viena, capital austríaca. São 320 quilômetros à margem do rio, passando por regiões vinícolas, cidadezinhas encantadoras e vistas que fazem deste percurso um dos mais bonitos da Europa.

Foto: Skedaddle

Carretera Austral, Chile

Na América do Sul, uma das rotas mais belas e percorridas pelos ciclistas é a Carretera Austral, na Patagônia Chilena. São mais de 1.200 quilômetros entre Puerto Montt até Villa O´Higgings – um percurso que conta com paisagens andinas incríveis de vulcões, montanhas encobertas de neve, glaciares, lagos e rios, que devem ser atravessados de balsa. Parte do caminho é asfaltado, mas há ainda longos trechos não pavimentados. A melhor época do ano para curtir as paisagens da região sobre duas rodas é durante o verão no Hemisfério Sul, quando há mais opções de hospedagem e alimentação em funcionamento e as condições climáticas são mais agradáveis.

Foto: Cycling with Serendipity

Ruta de Los Siete Lagos, Argentina

Um roteiro que, apesar do que o nome indica, passa por 11 lagos em uma belíssima região da Patagônia argentina. São apenas 108 quilômetros de extensão ligando a cidade Villa la Angostura (vizinha a Bariloche) a San Martín de los Andes, um percurso de dificuldade fácil a moderada, com várias opções de hospedagem e alimentação no caminho. As belas vistas podem tirar a atenção do ciclista e, nesta rota, é preciso estar bem atento, uma vez que as bicicletas andam muito próximas dos carros, na própria rodovia ou no acostamento.

Foto: The Adventure Junkies

Trilha do Colorado, Estados Unidos

A chamada Colorado Trail é sem dúvida uma das rotas mais longas e difíceis dos Estados Unidos. No entanto, há trechos bem amigáveis, que podem ser feitos inclusive por ciclistas iniciantes e famílias com crianças, como o trajeto próximo a Denver, que tem 10 quilômetros de extensão em estrada de cascalho, fechada para veículos. A trilha completa tem 782 quilômetros, começando no Waterton Canyon, em Denver, e terminando em Durango – um percurso que passa por montanhas, vales, lagos e exige muito esforço de quem pedala.

Foto: bikepacking.com

Otago Central Rail Trail, Nova Zelândia

Uma bela maneira de explorar algumas das paisagens mais bonitas da Ilha Sul da Nova Zelândia (e são muitas!) é fazendo o percurso de cicloturismo Otago Central Rail Trail. A ciclovia se estende por 150 quilômetros sobre uma antiga ferrovia de trem entre Middlemarch e Clyde. A rota é considerada ótima para iniciantes já que, além de curta, é plana e pode ser feita em cerca de cinco dias.

Foto: Otago Central Rail Trail

E você? Já viajou sobre duas rodas mundo afora? Tem algum roteiro de cicloturismo que deseja percorrer algum dia? Participe nos comentários!

Via Melhores Destinos

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Favoritos