Carregando...
Dicas e Notícias

Passeios de trem pelo Brasil

Experimentar uma viagem de trem pode ser uma experiência emocionante e memorável, especialmente quando o percurso escolhido oferece uma mescla de paisagens naturais e pequenas cidades, proporcionando um ambiente bucólico e retrô à jornada.

Apesar de não serem tão divulgadas no Brasil, viagens de trem desse tipo são bastante comuns no exterior, especialmente na Europa. Trens icônicos, como o Expresso do Oriente, foram imortalizados em obras da literatura mundial e se tornaram símbolos de requinte e luxo.

O primeiro serviço ferroviário fora do Reino Unido e da América do Norte foi estabelecido em 1829 na França, conectando Saint-Étienne a Lyon e inicialmente utilizando tração animal. A pioneira locomotiva a vapor em serviço na Europa foi denominada “Steam Elephant“, que, em 5 de maio de 1835, operou um trem na primeira linha na Bélgica, conectando Mechelen e Bruxelas.

No Brasil, a primeira locomotiva em operação foi a chamada Baroneza, que percorreu mais de 23 minutos em 30 de abril de 1854, ao longo dos 14,5 km entre o porto de Mauá e a cidade de Fragoso, na Baía de Guanabara. O Maria Fumaça, termo coloquial para locomotivas a vapor, inaugurou a ferrovia Mauá, sendo a primeira do país a adotar a bitola indiana. Na viagem inaugural, o imperador brasileiro Dom Pedro II estava entre os passageiros.

Atualmente, ainda existem trens que realizam viagens entre estados brasileiros. Embora muitos desses itinerários já tenham sido divulgados e analisados, eles estão sujeitos a mudanças operacionais, especialmente devido às medidas preventivas contra a Covid-19.

Diante disso, decidimos atualizar alguns dos passeios de trem no Brasil mais atrativos e verificar as alterações provocadas pela pandemia. A recomendação é a mesma para todos os interessados nesses passeios: manter contato com os sites oficiais das viagens e verificar regularmente eventuais mudanças nos horários de funcionamento e nos trajetos a serem percorridos.

Passeios de trem no Brasil

Trem do Vinho: Bento Gonçalves(RS)

passeios de trem
Foto: Divulgação

O passeio mais procurado na Serra Gaúcha faz parte do enoturismo, uma modalidade que visa incluir a degustação, consumo ou compra de vinhos, frequentemente nas próprias vinícolas ou em áreas próximas. Enquanto outras formas de turismo muitas vezes são de natureza passiva, o enoturismo pode envolver visitas a vinícolas, degustação de vinhos, passeios pelos vinhedos ou até mesmo participação ativa na colheita.

Chamada de “Linha”, essa experiência está situada no Vale dos Vinhedos, no Rio Grande do Sul, e é operada pela Giordani Turismo. Inaugurado em 1978, o trajeto original partia de Carlos Barbosa, passava por Garibaldi, Bento Gonçalves e terminava em Jaboticaba. Atualmente, o trecho entre Bento Gonçalves e Jaboticaba encontra-se desativado.

Os participantes são recebidos com uma degustação de vinho na estação de Bento Gonçalves e embarcam em um percurso de 23 quilômetros, com duração de aproximadamente uma hora e meia. O passeio inclui um coral típico italiano, apresentação de tarantela, teatro e até mesmo uma performance de repentistas. Ao chegar em Garibaldi, os visitantes são recepcionados com música gaúcha e italiana, além de mais uma sessão de degustação de vinhos e suco de uva.

Trem da Serra do Mar: Curitiba (PR)

passeios de trem no brasil
Foto: Divulgação

Explore a história da ferrovia que liga Curitiba a Morretes, percorrendo trilhos que serpenteiam rios, cascatas e cânions. Vivenciar a natureza a bordo de uma Maria Fumaça parece algo extraordinário, mas essa é exatamente a proposta desse passeio, que já encantou clientes e passageiros.

Desfrute dos sabores do Paraná ao conhecer as delícias de Morretes e Antonina, desde o tradicional barreado nos melhores restaurantes até as ruas estreitas, repletas de ricas tradições culturais e religiosas mantidas pela tranquila população local.

Trem de Belo Horizonte x Vitória (Vale)

passeios de trem no brasil
Foto: Divulgação

Diariamente, a partir das sete da manhã, um trem parte de Cariacica, em Vitória, no Espírito Santo, com destino a Belo Horizonte, Minas Gerais, chegando por volta de 20h10. Se optar pelo sentido inverso, o trem parte da capital mineira às 7h30 e chega a Cariacica às 20h30. Há também um trem adicional que percorre o trajeto de Itabira a Nova Era, ambas localidades em Minas Gerais.

No site oficial, estão disponíveis todas as informações necessárias para se preparar para essa viagem extensa. Caso deseje obter detalhes mais específicos, acesse este link para baixar um arquivo em PDF identificado como “Cartilha do Passageiro”, fornecido pela Vale do Rio Doce, a empresa responsável pela coordenação das viagens. Cada trem dessa linha conta com poltronas ergonômicas, tomadas elétricas nas paredes e monitores de vídeo. Além disso, são disponibilizados carros especiais com banheiros adaptados para cadeirantes e pontos de fixação para cadeiras de rodas.

Trem do Forró: Recife (PE)

passeios de trem
Foto: Divulgação

Este evento tornou-se uma tradição no calendário de junho em Pernambuco. Iniciando no Recife, o passeio se estende até Cabo de Santo Agostinho, retornando ao ponto de partida. São cinco horas de viagem em um total de sete horas de diversão ao som de forró.

A história começou em 1987, quando um grupo de servidores estaduais idealizou o passeio para levá-los à Capital do Forró, Caruaru. O trem partia de Recife com cerca de 60 passageiros, acompanhados por uma banda de pífanos e forrozeiros.

Após algum tempo, ao término do passeio original, o proprietário da Serrambi Turismo, Anderson Pacheco, decidiu reinventar a ideia. Seguindo sugestões de uma das organizadoras originais do projeto, abriu o evento, devidamente modificado, para o público em geral. O sucesso foi imediato, chamando a atenção da imprensa local e nacional. A demanda cresceu, resultando em uma reformulação e expansão de vagões, permitindo o transporte médio de mil pessoas diariamente.

Passeio de Maria Fumaça entre São João del Rei e Tiradentes (MG)

maria fumaça
Foto: Divulgação

A VLI é uma empresa que proporciona soluções logísticas, conectando portos, ferrovias e terminais às principais regiões produtoras brasileiras de bens industrializados, siderúrgicos, minerais e do agronegócio. Suas operações abrangem todas as regiões do país, exceto a Sul.

O Trem Turístico, conhecido por ligar São João del Rei a Tiradentes, destaca-se como um passeio que visa, principalmente, a preservação do patrimônio histórico. De acordo com a empresa, esta é a Maria Fumaça mais antiga em operação no Brasil, atraindo turistas de todo o mundo. O itinerário inclui visitas a atrações culturais, como o Museu Ferroviário e a Rotunda, uma estrutura ferroviária circular utilizada para a manutenção e armazenamento desses veículos históricos.

Trem do Corcovado (RJ)

trem rio de janeiro
Foto: Divulgação

A Ferrovia de Cremalheira do Corcovado, popularmente conhecida como Trem do Corcovado, é uma ferrovia no Rio de Janeiro que parte de Cosme Velho com destino ao cume do Corcovado, atingindo a altitude de 710 metros, onde se encontra a imponente estátua do Cristo Redentor, oferecendo vistas panorâmicas das praias da cidade.

Com um comprimento de 3,824 km, a linha percorre quatro estações ao todo. Os pontos terminais são a histórica estação base do Cosme Velho e o cume do Corcovado. Os passageiros desfrutam da jornada em unidades elétricas múltiplas personalizadas (EMU) em veículos lançados em 2019, capazes de alcançar uma velocidade máxima de 25 km/h, permitindo uma subida em cerca de 15 minutos. Durante a descida, a energia é recuperada por meio de frenagem regenerativa, resultando em uma economia de 75% no consumo total de energia.

A frota é composta por três trens, cada um constituído por dois carros. O percurso tem duração aproximada de 20 minutos, com partidas a cada 20 minutos, proporcionando uma capacidade de transporte de 540 passageiros por hora. Devido a essa capacidade limitada, a espera na estação de entrada pode ser de várias horas. Até março de 2021, a linha opera das 08h00 às 19h00.

Passeio de Bondinho Campos do Jordão (SP)

bondinho
Foto: Divulgação

A Estrada de Ferro de Campos do Jordão teve origem no início do século passado, quando surgiu a necessidade urgente de transportar pessoas afetadas por doenças respiratórias até locais de tratamento, geralmente nas montanhas da cidade. Atualmente, tornou-se uma atração turística ideal para explorar as belezas da Serra da Mantiqueira. Seu trajeto mantém uma arquitetura preservada desde 1910, ano de sua construção. A principal linha ferroviária conecta Campos do Jordão à cidade de Pindamonhangaba, na região do Vale do Paraíba.

Ao visitar a cidade, é possível fazer um passeio pelas principais vilas, incluindo Capivari, Jaguaribe e Abernéssia, que juntas formam um percurso total de quatro quilômetros. Esse passeio é realizado em um bonde urbano denominado “Camarão”, com estilo inglês. Outra opção é seguir os trilhos centenários até a cidade de Santo Antônio do Pinhal, onde a Serra da Mantiqueira aguarda para um passeio por áreas onde a natureza permanece intocada, sendo o acesso exclusivo pela Estrada de Ferro.

Viagem de trem São Paulo x Jundiaí (SP)

trem
Foto: Divulgação

Outro expresso turístico bastante procurado percorre os mesmos trilhos que foram fundamentais para o desenvolvimento do Estado de São Paulo a partir da segunda metade do século XIX. Inaugurado em 18 de abril de 2009 pela Secretaria de Estado dos Transportes Metropolitanos e pela CPTM (Companhia Paulista de Trens Metropolitanos), este passeio utiliza um trem composto por dois carros de aço inoxidável, fabricados localmente na década de 1960, e é conduzido por uma locomotiva a diesel da CPTM. Os vagões foram cedidos pela Associação Brasileira de Preservação Ferroviária (ABPF) e passaram por uma restauração completa pela CPTM. Durante o percurso, monitores oferecem informações históricas sobre a ferrovia e as estações encontradas ao longo do caminho.

∙ Gostou das nossas dicas? Faça a reserva do seu hotel ou pousada aqui e encontre as melhores condições para as suas férias.

∙ Encontre dicas de viagens e as últimas notícias que foram destaques também em nosso Instagram. Acompanhe.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Favoritos