Carregando...
BrasilDicaInternacional

Revista elege os 21 melhores destinos de viagem para 2021 – um deles é no Brasil!

As viagens desse ano foram adiadas. O mundo parou totalmente devido à pandemia. Nossos planos de rodar pelo mundo e explorar novos lugares foram transferidos para, no mínimo, 2021. Este ano paramos para respirar fundo e planejar bem, pois queremos tirar o atraso e mergulhar em novas culturas. Para te inspirar, a premiada revista norte-americana de viagens Condé Nast Traveller preparou uma lista com 21 destinos incríveis para você colocar em sua lista de desejos para 2021.

1 – Eslovênia

É um tanto quanto incompreensível que a Eslovênia, situada entre a Itália e Croácia, ainda não tenha sido invadida pelos turistas. Afinal, seus rios azul-turquesa, lagos alimentados por geleiras e picos altos e cobertos de neve são bonitos o suficiente para deixar todos os visitantes encantados. O ponto turístico mais famoso do país, o Lago Bled permanece intocável com grandes espaços de tranquilidade. Além disto, a Eslovênia é destaque na gastronomia com vinhos premiados e ótimos restaurantes, tendo sido eleita a Região Europeia da Gastronomia em 2021.

Receba as melhores promoções de passagens e pacotes

2 – Yorkshire – Inglaterra

Yorkshire é um condado histórico no norte da Inglaterra, a cerca de 2 horas de trem de Londres, conhecido pela herança romana e viking, pelos castelos normandos, pelos mosteiros medievais, pelas cidades da era da Revolução Industrial e por muito contato com a natureza. Além disto, a vasta terra de Yorkshire é um grande enclave artístico com o ressurgimento das artes populares em God’s Own County, a criatividade em Left Bank Leeds e o famoso Parque de Esculturas de Yorkshire.

3 – Melides – Portugal

Um dos novos points de Portugal. A praia de Melides atrai por sua praia extensa, a lagoa e água cristalina. Além disto, a região conta com aldeias pitorescas da região do Alentejo. Bem diferente das praias movimentadas do Algarve ou de Setúbal, Melides ainda preserva a tranquilidade a apenas 130 km ao sul de Lisboa. Há também ao lado a Praia da Galé, um trecho de praia com esculturas naturais de arenito, alguns barracos de lanche e salva-vidas relaxados, e não muito mais..

Melides

Melides, Portugal

4 – Emirados Árabes Unidos

Da famosa Dubai, a outros emirados como Sharjah e Abu Dhabi. Os Emirados Árabes Unidos têm diversas atrações para todo a família. Há parques de diversão, praias com água azul turquesa, restaurantes, mesquitas, construções futuristas e incríveis como o prédio mais alto do mundo, o Burj Khalifa. Além disto, no ano que vem o país irá sediar a Expo Mundial a partir de outubro – o evento seria esse ano mas foi adiado para 2021.

5 – El Hierro – Espanha

As ilhas espanholas das Canárias, na costa africana, são um dos destinos mais procurados pelos europeus que buscam fugir do frio e querem curtir o sol e a praia. Mas o destino ideal para 2021 é fugir das movimentadas ilhas, como Gran Canaria e Tenerife, e ir para La Palma e El Hierro. La Palma, a ilha mais ao noroeste, tem um punhado de palácios renascentistas, igrejas charmosas e uma prefeitura de pedra feita de rocha vulcânica. Já Hierro é menos conhecida e mais selvagem, com muita natureza para ser contemplada. As ilhas ficam a 3 horas de voo de Madri.

6 – Kimberley – Austrália

No extremo noroeste da Austrália e longe dos principais centros urbanos, Kimberley é um lugar único e oferece belas atrações naturais aos visitantes. O lugar pouco povoado onde a poeira brilha em um tom vermelho-sangue e os mares azul-marinho estão repletos de tubarões e crocodilos de água salgada. Kimberley é conhecida por suas grandes áreas selvagens definidas por cordilheiras acidentadas, desfiladeiros impressionantes, uma savana semiárida e um litoral predominantemente isolado. A melhor forma de se chegar à região é voando até a cidade de Broome, são cerca de 5 horas de voo de Sydney.

7 – Acra – Gana

Poucos lugares na terra parecem tão enérgicos quanto Gana agora, já que seus jovens criativos reimaginam o papel do país na cena cultural global. Na inebriante cidade de Acra, entre as multidões descoladas e a diáspora crescente, o destaque são as ricas tradições ganenses nas artes, música e moda.

8 – Floresta Amazônica – Brasil, Peru e Colômbia

A Floresta Amazônica está em alta por todo o mundo. Com sua densa floresta e rios, a Amazônia – que se estende pelo Brasil, Peru, Colômbia e outras partes da América do Sul – foi descrita como o pulmão da terra. Ela representa a maior floresta tropical remanescente no mundo e é o lar de pelo menos 10% das espécies conhecidas de animais e plantas do planeta. A cidade de Manaus pode ser o ponto de partida para conhecer este gigante verde.

9 – Helsinki – Finlândia

Um lugar para mergulhar de cabeça na área cultural. A capital da Finlândia tem tudo para rivalizar com as outras grandes cidades escandinavas e apresenta uma cena única para os apaixonados por museus, teatros, concertos e galerias. Entre as novidades está o museu Amox Rex e a remodelada Kiasma da Galeria Nacional da Finlândia. Há ainda as atrações da fortaleza marítima de Suomenlinna,  Patrimônio Mundial pela Unesco, que conta com cafés, restaurantes e uma pequena microcervejaria.

10 – República Dominicana

O Caribe sempre é uma boa pedida para umas feras relaxantes. Além das praias paradisíacas, com águas transparentes, a vida marinha está presente a todo momento na República Dominicana. Se quiser ver peixinhos, à beira da praia há um monte deles; ou, se for corajoso, pode optar por mergulhar com tubarões, arraias e golfinhos. Apesar de Punta Cana ser o destino de maior destaque Há muitas opções de passeios, lugares para relaxar, e atrações naturais como o Parque Nacional Jaraguá salpicado de flamingos. Vale lembrar que a República Dominicana é um dos países que estão abertos a receber turistas do Brasil nesse momento!

11 – Sussex – Inglaterra

Um dos condados históricos da Inglaterra a poucas horas de Londres. Das colinas ondulantes da selvagem South Downs às ruas de paralelepípedos do célebre Rye, essas duas charmosas vilas de Sussex brilham com o tipo de beleza natural que oferece um esconderijo infinito de serenidade e vistas do mar que elevam a alma.

12 – Berkshires – EUA

Berkshires podem não ter o charme da de região de Hampton, em Massachusetts, mas este canto está reinventado lentamente, emergindo como refúgio artístico para movimentadas criativos de cidades vizinhas. Por estradas que serpenteiam o oeste montanhoso do estado norte-americano,  de Massachusetts, Berkshires ficam a três horas de carro de Nova York e Boston. Aproveite os novos hotéis e a ótima gastronomia da região.

13 – Vietnã

O Vietnã é um dos países que mais registra crescimento no número de turistas no mundo, assim era antes da pandemia. Em 2021 há muitos lugares para serem explorados neste incrível país do sudeste asiático. O Vietnã vai muito além de Hanói, Baía de Ha Long, Ho Chi Minh e Da Nang. No próximo ano haverá um trem boutique entre Da Nang e Quy Nhon. O trem Vietage cruzará partes da costa e pacíficos campos de arroz. Outro local a ser conhecido é a reserva natural intocada de Ngoc Son Ngo Luong – às vezes descrita como Parque Jurássico sem os dinossauros.

14 – Oaxaca de Juárez – México

Com pouco mais de 500 mil habitantes a cidade é capital do estado de Oaxaca, no México. Os turistas que visitam Oaxaca de Juárez encontram em suas ruas muita história, boa comida e uma infinidade de galerias e artesanato local. A região também é a maior produtora de Mescal e Tequila. A forma mais fácil de viajar até lá é tomando um voo com escala na Cidade do México.

Oaxaca de Juárez - México

Oaxaca de Juárez, México

15 – Ilhas Shetland – Escócia

Nas águas gélidas do Mar do Norte ficam as Ilhas Shetland, pertencente a Escócia. Esta região atrai por suas paisagens, biodiversidade de gastronomia. Na mesa dos restaurantes é possível encontra desde sopa de carneiro a uma variedade de frutos do mar, entre eles mexilhões, caranguejos e vieiras. Algumas ilhas são inabitadas e estão mais próximas das grandes cidades da Noruega do que da Escócia.

Ilhas Shetland - Escócia

Ilhas Shetland, Escócia

16 – Costa Rica

Repleta de florestas nubladas, vulcões e praias com ondas de surfe, a Costa Rica está na vanguarda quando se trata de turismo sustentável. Situada entre o Oceano Pacífico e o Mar do Caribe, a Costa Rica abriga mais de 6% da biodiversidade mundial (isso é mais do que os EUA e a Europa juntos). Também produz quase 99% de sua eletricidade a partir de recursos renováveis ​​e pretende se tornar um dos primeiros países a atingir zero emissões de carbono até 2050. É tão inabalavelmente verde, na verdade, que foi reconhecido pelo Conselho Global de Turismo Sustentável por seus esforços de conservação muscular. Os principais aeroportos do país para quem parte do Brasil é San José, a capital, e Libéria.

Costa Rica

17 – Guiana

Uma mistura de influências indígena, africana, chinesa e europeia tornam esta pequena nação um lugar revigorante para explorar. Apesar de fazer fronteira com o Brasil, nós sabemos poucos e raramente a Guiana faz parte do roteiro de viagem de algum brasileiro. O turismo local está ligado diretamente a preservação da natureza e conhecimento da vasta história indígena que há muito tempo habita a região de floresta tropical que ocupa 87% do país. A Guiana é um país de língua inglesa em plena América do Sul. Não há voos diretos do Brasil para Georgetown, há que fazer escalas em Bogotá ou Cidade do Panamá.

Guiana

Guiana

18 – Charleston – EUA

Com sua imagem excêntrica do velho mundo e pântanos de ciprestes de águas negras assombrosas, Charleston há muito tempo encabeça muitas listas de visitas obrigatórias. Apesar de estar ligada intrinsecamente a triste história norte-americana da escravidão, esta cidade na Carolina do Sul atrai por seu belo centro histórico preservado, praias e boa comida sulista.Charleston - EUA

Charleston, EUA

19- Pulau Merah – Indonésia

Este cantinho da Indonésia está começando a ser cochichado pelos surfistas. E como sabemos, aonde os surfistas vão, os hotéis boutique e os eco-empreendedores vão atrás. E logo chegam os turistas. O refúgio escondido é o local ideal para quem busca praias desertas com areia fina e mar de água cristalina. Pulau Merah fica na Ilha Vermelha, a 60 km do aeroporto mais próximo que é em Banyuwangi.Pulau Merah - Indonésia

Pulau Merah, Indonésia

20 – África do Sul

Um país a ser descoberto e muito bem explorado por visitantes que buscam atividades culturais, muita história, rica biodiversidade, e muito mais. Desde os campos de vinho a oeste, passando pela incrível Cidade do Cabo, uma costa esplendorosa, até chegar ao Parque Kruger com seus novos requintados hotéis, como o Kruger Shalati – um hotel com cabines sobre uma linha ferroviária histórica – bem como a nova e extremamente bonita casa da árvore Ngala Treehouse movida a energia solar. Antes da pandemia havia voos regulares do São Paulo para Joanesburgo que só devem ser retomados pela Latam no ano que vem.

21 – Chania – Grécia

Esta cidade costeira na ilha grega de Creta atrai visitante por sua tranquilidade, bons hotéis e uma miscegenação gastronômica que mistura as raízes otomanas, gregas e romanas. Chania tem belas praias, um belo centro histórico e restaurantes simples e requintados que servem muita comida boa. A cidade conta com aeroporto e voos regulares de Atenas.

E ai, o que achou da lista da Condé Nast Traveller? Pretende visitar alguns desses destinos no ano que vem? Deixe sua opinião nos comentários e participe!

Via Melhores Destinos

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Favoritos